Corregedor-geral de Justiça critica viagens de juiz a Orlando

Críticas foram feitas durante sessão do Órgão Especial

Por Adrina Cruz/ O Dia

O corregedor-geral da Justiça, Bernardo Garcez, rasgou o verbo contra um magistrado na última sessão do Órgão Especial, composto pelos 25 desembargadores mais antigos. Criticou duramente um juiz de Niterói que vai três vezes ao ano a Orlando, nos Estados Unidos. 

Enquanto Bernardo Garcez expunha sua indignação com a quantidade de viagens do juiz, os desembargadores ouviam sem esboçar qualquer reação. Indignações à parte, a coluna vai ficar de olho para saber se o caso vai ser apurado, afinal esse é o papel da Corregedoria. 

 

 

Comentários