Hortifruti terá que indenizar cliente assaltado

Homem teve arma apontada para a cabeça

Por ADRIANA CRUZ

A 26ª Câmara Cível condenou o Hortifruti a pagar R$ 10 mil a consumidor assaltado no estacionamento do supermercado com arma na cabeça. A desembargadora Sandra Cardinali defendeu que o local é para atrair a clientela e tem que dispor de segurança. A vítima ficou sem um Rolex.

Comentários