TRE decide diplomar eleitos no prédio do Tribunal de Justiça do Rio

Cerimônia foi marcada para o dia 18, às 11h, no auditório Antônio Carlos Amorim, da Escola da Magistratura

Por ADRIANA CRUZ

Witzel disse que faria estudo de viabilidade para pagar até o segundo dia útil após o sexto mês de governo
Witzel disse que faria estudo de viabilidade para pagar até o segundo dia útil após o sexto mês de governo -

Rio - Se em 2014 o governador Luiz Fernando Pezão, o vice-governador, o senador e os deputados federais e estaduais foram diplomados na Assembleia Legislativa (Alerj), quatro anos depois a cerimônia ganhou outro endereço. O Tribunal Regional Eleitoral requisitou o auditório Antônio Carlos Amorim, da Escola da Magistratura, no Tribunal de Justiça. Os novos eleitos, como o governador Wilson Witzel, do PSC, receberão seus diplomas dia 18, às 11h.

O prédio do Tribunal de Justiça fica bem perto da Alerj, praticamente 300 metros, mas enquanto o Judiciário não foi alvo das operações da Lava Jato, o Parlamento coleciona duas investidas do Ministério Público Federal, batizadas de Cadeia Velha e Furna da Onça, contra a corrupção. Atualmente, são nove deputados estaduais presos, sendo o ex-presidente Jorge Picciani, em domiciliar. Pezão também está preso por envolvimento em esquema de propina montado pelo ex-governador Sérgio Cabral, outro que está na cadeia. 

A diplomação representa a última etapa do processo eleitoral, já que a posse dos eleitos é atribuição do Poder Legislativo.  

   

Últimas de Justiça & Cidadania