E as paredes 'tremem'

Por ADRIANA CRUZ

A eleição do desembargador Bernardo Garcez ontem para a Corregedoria-Geral da Justiça fizeram as paredes do Tribunal de Justiça 'tremerem'. Quando foi do Tribunal Regional Eleitoral, Garcez impediu a construção de nova sede sob argumento de irregularidades. E a então presidente, Letícia Sardas, saiu antes de terminar o mandato. Garcez defendeu e ganhou na Corte, em 2013, que Letícia foi eleita ilegalmente.

 

Comentários

Últimas de Justiça & Cidadania