Metrô é condenado a pagar indenização por caso de assédio

O agressor se esfregou na mulher, mas quando foi questionado teve a pachorra de dizer à vítima que lhe daria um tiro na cara

Por ADRIANA CRUZ

Justiça considerou que a concessionária foi omissa em relação à segurança dos passageiros
Justiça considerou que a concessionária foi omissa em relação à segurança dos passageiros -

Rio - O Metrô foi condenado a pagar R$ 5 mil, com juros e correção, à vítima de assédio moral e sexual entre as estações do Largo do Machado a Central, em trem superlotado. O agressor se esfregou na mulher, mas quando foi questionado teve a pachorra de dizer à vítima que lhe daria um tiro na cara. O desembargador Paulo dos Santos, da 2ª Câmara Cível, considerou a omissão da concessionária com relação à segurança dos passageiros.

Comentários

Últimas de Justiça & Cidadania