Mais Lidas

Motorista é absolvido pelo atropelamento e morte de duas pessoas no Centro

Ministério Público queria a condenação por homicídio culposo por imprudência e imperícia, mas no processo não há nem laudo do Instituto de Criminalística Carlos Éboli.

Por ADRIANA CRUZ

Uma falha mecânica no Mitsubishi Pajero TR4 é apontada como a principal responsável pelo fato de o motorista Nestor Zambonim ter perdido o controle do carro e atropelado três pessoas, no Centro da Cidade. Duas vítimas morreram. No grave acidente, em outubro de 2012, um ônibus e um poste também foram atingidos.

Agora, os desembargadores da 4ª Câmara Criminal, por unanimidade, absolveram Zambonim sob o argumento de que o veículo, por mau funcionamento, provocou uma aceleração involuntária. O Ministério Público queria a condenação por homicídio culposo por imprudência e imperícia, mas no processo não há nem laudo do Instituto de Criminalística Carlos Éboli.

O motorista contratou perito particular. E mais: ficou constatado que outros carros do mesmo modelo foram submetidos a um recall da montadora para corrigir a falha. Em seu voto, a relatora, desembargadora Gizelda Leitão, afirma que sequer houve prova de que o réu trafegava em velocidade incompatível com o local.

 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários