NATAL MENOS MAGRO

Por O Dia

O corregedor-geral da Justiça, Claudio Mello Tavares, assina hoje, às 14h, ato no qual pedirá aos cartórios para priorizar os mandados de pagamento. Ou seja, dinheiro no bolso de quem já resolveu a sua a ação. O pedido foi feito pela Ordem dos Advogados do Brasil.

Comentários