Pezão pagará multa de R$ 1 mil, por dia, do bolso se Estado não pagar Uerj

Juiz federal determinou ainda que o nome do governador seja incluído no cadastro de devedores inadimplentes e atinja até seu patrimônio pessoal

Por O Dia

Rio - O juiz da 10ª Vara Federal, Alberto Nogueira Júnior, determinou que o Estado pague os servidores da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj). Na decisão, o magistrado obriga que o governador do estado cumpra a decisão no prazo de 48h, sob pena de multa diária de R$ 1 mil em cima do seu salário, inscrição de seu nome no cadastro de devedores inadimplentes e outras medidas que atingem seu patrimônio pessoal.

Confira a decisão na íntegra

O pedido foi feito pela Ordem dos Advogados do Brasil do Rio de Janeiro (OAB-RJ). O salário bruto de Pezão é de R$ 15.681,33. Procurada, a Procuradoria-Geral do Estado (PGE) informou por nota que ainda não foi notificada.

"Só depois de tomar conhecimento do inteiro teor da determinação é que decidirá sobre as providências a serem adotadas junto à Justiça", narra o documento.